0

Bate papo informal sobre literatura de cordel, para os estudantes em Arapiraca / AL

Posted by Railton Da Silva in







Links para esta postagem |
0
Posted by Railton Da Silva
Neste mais novo trabalho, o autor Railton Teixeira, vem mais uma vez através da Literatura de Cordel, demonstrar o seu gosto pela arte que se enraizou na cultura nordestina, e aos poucos foi ganhando características próprias, que com o passar do tempo conquistou vários autores não apenas no nordeste, mas em todo o país.
E logo estará a disposição do publico.

Links para esta postagem |
1
Posted by Railton Da Silva
Estamos mais uma vez nos encontrando, engraçado, há dias que não escrevo, nem posto nada no blog, confesso a imensa saudade que dentro de mim estava latente. Mas estou de volta e desta vez com algumas modificações e inovações.

As primeiras mudanças a serem notadas no blog, é o Layout. Para mim ficou legal, deu uma nova visibilidade para o que quero trabalhar, e trás um conforto visual, tanto para mim quanto para vocês, que acompanha o Poeta e Palhaço.

Diante de tudo que foi exposto, teremos novidades no decorrer do trajeto, a começar com as entrevistas, que se dará mensalmente com algumas personalidades culturais, ou até mesmo com os grupos artísticos, que junto com o Poeta e Palhaço divulgam o folguedo em nosso país. E não acaba por aí, aos poucos irei revelando, mantenham a paciência.

Mas, estamos aí, escrevendo, trazendo novidades, nos encontraremos nos próximos escritos, que será em breve.

Links para esta postagem |
0
Posted by Railton Da Silva
Muitos te olham...
Com aquele olhar frio, você nem liga, sabe que é passageiro.
Mas tem um alguém que não esperamos tais atos.
Incompreensões de fato.
Bagunça que acho um barato.
Desestrutura como um ato.
O ser desolado.
Quando menos esperamos...
É lá que esta...
A pessoa ideal, que não esperamos nos machucar...
E nela confiamos absolutamente amar...
Menos podemos esperar...
E um dia se decepcionar.

Links para esta postagem |
0
Posted by Railton Da Silva
Eita que saudade louca de te sentir,
nem que fosse apenas um minuto
e o mundo inteiro desmorona-se sobre mim,
e assim viver feliz,
talvez por um triz de um sonhador
que se encantou, perdendo-se de amor.
louco,
sadico,
boenio,
sereno,
inquietudes infames que corroi
e consome um pobre sonhador.

Links para esta postagem |

Quem esta visitando

Copyright © 2009 O Poeta e Palhaço All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by Railton Teixeira. Distribuído por Templates